Imagem Teste – Impactante

A SMARTTECH, organização 100% brasileira de tecnologia e serviços de apoio a projetos de engenharia, e a RENOVA, especializada em segurança viária e sinalização, realizaram testes para a homologação no Brasil de ecopostes – postes de sinalização fabricados em plástico reforçado com fibra de vidro reciclados, que preservam a integridade do motorista em caso de colisão. Os testes foram feitos no TechCenter SMARTTECH, em Holambra, localizado a 135 km de São Paulo.

A norma que dispõe sobre o assunto está em processo de aprovação na ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Mais leves do que os tradicionais, os ecopostes, como são chamados pelo fabricante, a paulistana RENOVA, são desenvolvidos para minimizar as consequências da colisão sobre os ocupantes do veículo.  “Na colisão os ecopostes sofrem uma deformação controlada, no mesmo sentido do impacto, evitando que se voltem para o veículo”, explica o engenheiro civil Fernando Cunha, sócio-gerente da empresa.

De acordo com José Celso Mazarin, engenheiro e diretor de Operações da SMARTTECH, os testes realizados em Holambra são baseados em normas europeias e americanas e preveem impactos a 35 km/h, 70 km/h e 100 km/h.

Imagem Teste – Batida

Para otimizar o processo, a metodologia aplicada em Holambra foi realizar o teste físico a 35 km/h para a validação do modelo matemático que garante a extrapolação da velocidade para 70 km/h e para 100 km/h em testes de simulação virtual. “As simulações em velocidades diferentes reproduziram as mesmas condições do ambiente do teste físico, filmado em câmera de alta velocidade, e também as propriedades materiais do poste”, detalha Mazarin.

Ele explica que o parâmetro para aprovação do produto obedece a critérios de variação de velocidade máxima durante o impacto e de severidade da desaceleração que ocorre no interior do veículo nos eixos vertical, lateral e longitudinal. Além disso, diz, são avaliadas outras características do conjunto que inclui placas de sinalização especiais, também produzidas em compósito polímero e fibra de vidro, fixadas de forma a se soltarem no momento da batida, o que reduz a resistência do impacto e favorece a integridade física dos ocupantes do veículo. “O ecoposte tem realmente o potencial de salvar vidas”, afirma.

 

Assista a reportagem gravada pelo programa Auto Esporte da TV Globo